Na Midia

11 de novembro, 2014

Sorvetes FriSabor chegam ao Ceará com investimento de R$ 1,5 milhão -

Há 57 anos no mercado brasileiro, a FriSabor, tradicional marca pernambucana de sorvetes, agora chega ao Ceará. Num período de plena modernização e expansão, a FriSabor chega às terras cearenses no próximo dia 17 de novembro, data em que será inaugurado um moderno Centro de Distribuição (CD), com capacidade para armazenagem de até 60 toneladas de sorvete. O CD está situado nas imediações do estádio Castelão. A primeira loja própria já está prevista para março de 2015, na nova expansão do Shopping Iguatemi e mais duas lojas serão inauguradas até o final do ano.

Por meio de consolidada parceria com grandes redes como Grupo Pão de Açúcar, Walmart (Bompreço) e Carrefour, a sorveteria começou a se fazer presente, além do Ceará, no comércio varejista de outros estados do Nordeste, como Rio Grande do Norte, Alagoas e Paraíba este ano. Com várias premiações no currículo, entre elas a segunda vez consecutiva com o Prêmio SuperMix das 100 melhores sorveterias do Brasil e premiada 8 vezes como o melhor sorvete pela revista Veja Recife Comer&Beber, a FriSabor chega a Fortaleza investindo R$ 1,5 milhão em estrutura, loja própria, construção do CD e novos veículos, gerando 60 empregos diretos e indiretos no Estado.

Segundo o sócio-diretor da FriSabor, Marcelo Mayer, a escolha pela capital cearense para receber o Centro de Distribuição ocorreu devido a sua posição geográfica estratégica, além o alto potencial do mercado de sorvetes e sua atratividade turística. “Estamos com as melhores expectativas para a chegada ao Ceará, era um sonho antigo da FriSabor, que agora está sendo realizado. Nós queremos levar ao público cearense não somente a experiência com os sorvetes FriSabor, mas também um incremento na economia local, já que o CD irá gerar oportunidades de empregos diretos e indiretos,” argumenta.

Números da Frisabor
A rede teve um crescimento anual de 45,8% de 2009 a 2013, com receita bruta de R$ 12 milhões. A perspectiva é atingir R$ 21 milhões em 2016, com mil pontos de vendas e implantação de lojas em todo o nordeste.

A fábrica de Paulista, região metropolitana do Recife e inaugurada em 2013, produz 10 vezes mais que a fábrica anterior e, esse ano, irá triplicar a capacidade de armazenamento. Hoje conta com três linhas de produção e maquinário de alta tecnologia, sendo três produtoras de sorvete e uma picoleteira, que juntas produzem 5 milhões de litros de sorvete/ano. “Agora, os sorvetes são produzidos com mais rapidez e segurança, garantindo a qualidade dos produtos, sem deixar de lado as características artesanais, como o processamento das frutas, doces e caldas que são incorporados ao sorvete, e a fabricação das casquinhas de biscoito”, finaliza Mayer.

Sobre a Frisabor
A história da tradicional marca Frisabor teve início em 1957, numa pequena casa no bairro da Boa Vista, em Recife/PE. Premiada oito vezes como o melhor sorvete pela revista Veja Recife Comer&Beber, marca mais lembrada no segmento do Estado no Recall de Marcas do Jornal do Commercio e Marcas que eu Gosto, do Diário de Pernambuco, foi recentemente eleito o melhor sorvete pelos maiores chefes de cozinha de Pernambuco, pela Revista Engenho, e faturou ainda, pela segunda vez consecutiva, o Prêmio SuperMix das 100 melhores sorveterias do Brasil. Hoje, a empresa está em processo de modernização e reposicionamento da marca, estratégia que abrange desde o lançamento de novas embalagens até a mudança no layout das lojas.

A FriSabor não para de expandir os negócios, apostando principalmente na venda em varejo nas grandes redes de supermercados e, atualmente, na abertura de franquias no Nordeste. Hoje, a fábrica tem a capacidade de gerar 5 milhões de litros de sorvetes e picolés no ano. A rede atua no varejo nas principais redes de supermercados, hotéis, restaurantes, padarias e delicatessens, com cerca de 300 pontos de venda. Possui ainda 10 lojas próprias e 09 franquias (mais 06 em construção). Está presente em Pernambuco, Alagoas, Paraíba Rio Grande do Norte e agora chega ao Ceará. A intenção é estar em todo o Nordeste até 2015, fechando a meta de 1000 pontos de venda e receita de R$ 21 milhões até 2016.